Drenagem linfática: conceito e indicações





http://www.alpherat.com.br/images/img-foto-est-drenagem-linfatica.jpg

A técnica de massagem denominada Drenagem Linfática Manual, foi desenvolvida entre, 1932 e 1936, pelo dinamarquês Emil Vodder (1896 - 1996), doutor em História da Arte, Massagista e, depois, Fisioterapeuta.

A   drenagem linfática manual é o modo de drenar, ou seja, esvaziar o interstício celular e os vasos linfáticos, retirando os líquidos que se encontram dentro destes, através de manobras específicas que visam eliminar os catabólicos produzidos pelo organismo decorrente do metabolismo celular.5

Ela é um valioso mecanismo de auxílio no   retorno venoso e linfático, uma vez que, contrariamente ao sistema cárdio-circulatorio, onde o coração funciona como uma bomba contratil-propulsora impulsionando o sangue pelos dos vasos sanguíneos, o sistema linfático não possui este mecanismo. Assim, para que a linfa possa circular como o sangue, as manobras de massagem drenagem linfática manual possibilitam a aceleração do retorno venoso ao coração, pois através de técnicas especificas, exerce uma pressão suave nos tecidos musculares, estimulando dessa maneira, a eliminação de toxinas, além de resíduos e substâncias oriundas de infecções, bem como, inflamações, espasmos musculares e alterações similares, trazendo vários benefícios orgânicos.

A drenagem manual é feita também por manobras superficiais que devem pressionar somente os tecidos superficiais (tecido tegumentar e tecido adiposo) sem atingir a musculatura4.

Para a execução correta da massagem de drenagem linfática deve-se atentar para a posição do segmento corpóreo, a pressão exercida deve seguir sempre o sentido fisiológico da drenagem, a massagem deve iniciar-se pelas manobras que facilitem a evacuação, objetivando descongestionar as vias linfáticas, o conhecimento das vias de drenagem é de importância para o sucesso da terapia.

A drenagem linfática redutora (DLR) tem como objetivo evitar a retenção de líquidos no organismo, melhorar a circulação sanguínea, diminuir a barriga, tirar a celulite e gorduras localizadas, por meio da distribuição da gordura. Por esta razão, a DLR é muito útil nos processos de emagrecimento ou perda de medidas.

A drenagem linfática é uma espécie de massagem que facilita o escoamento do líquido linfático (que fica entre as células e é rico em gorduras) até os gânglios linfáticos, que o drena para a circulação.  Esses líquidos (linfáticos) ficam retidos em tecidos subcutâneos causando uma certa sensação de inchaço e incomodo

Ela é indicada em caso de: retenção de líquidos, celulite, pré e pós operatório, edema, tensão pré menstrual, obesidade, gestante, varizes, dores musculares, relaxamento . Suas contra indicações são: infecção aguda, neoplasia, trombose, insuficiência cardíaca, pressão baixa.
Drenagem linfática: conceito e indicações Drenagem linfática: conceito e indicações Editado por saude.chakalat.net on 04:25 Nota: 5

Nenhum comentário:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Tecnologia do Blogger.