Os efeitos extraordinários da drenagem linfática facial







Além de um corpo bonito, toda mulher sonha com a tal pele de pêssegos dos mitos de beleza. Afinal, o rosto é o grande cartão de visita da sedução feminina. Um olhar forte numa fisionomia leve pode mesmo ditar a primeira impressão de sua imagem. Por isso, tão importante quanto cuidar do corpo é destinar cuidados também à saúde e à estética facial.

Atualmente, um procedimento especial tem despertado o interesse de pacientes e profissionais da área de beleza: trata-se da drenagem linfática facial, técnica de massagem que permite verdadeiros benefícios à face feminina. Isso porque promove uma circulação sanguínea mais eficaz, no consequente relaxamento dos músculos da face. Com isso, eliminam-se as toxinas normalmente aí presentes, as tais causadoras das linhas e marcas de expressão do rosto.

Retenção de líquido facial

Muita gente supõe que inchaço e retenção de líquido sejam problemas ligados apenas ao corpo, mas isso não é verdade. Normalmente se associa o procedimento da drenagem linfática a regiões corporais (somente), mas é preciso lembrar que o rosto também retém as indesejáveis toxinas.

A técnica tem efeitos tanto preventivos como terapêuticos e cita alguns desses benefícios. A drenagem linfática facial amplia a oxigenação dos tecidos, estimula a eliminação dos líquidos em retenção no rosto, induz o sistema orgânico de defesa e, além de tudo, colabora para a boa funcionalidade dos tecidos.

Como se dá a drenagem linfática facial

Cabe ao sistema linfático a eliminação dos resíduos dos tecidos e, também, a regulação do sistema imunológico. Quando o sistema de defesa fica bloqueado, a linfa estagnada traz o acúmulo de toxinas nos tecidos, fator que compromete todo o (perfeito) funcionamento desse sistema. E é assim que o aporte de oxigênio e nutrientes diminui entre as células, que se tornam suscetíveis a danos externos. Tudo isso em vista do mau funcionamento do sistema imunológico.

Causas e orientações para a retenção hídrica

Alguns fatores que podem causar a retenção hídrica: ingestão excessiva de sal, alterações hormonais, período menstrual, determinados medicamentos, anticoncepcionais etc. É bom se adotar o hábito da ingestão regular de líquidos e que se evite o excesso de sal na alimentação. E recomend-se a realização de drenagem linfática facial periódica (naturalmente com um profissional qualificado) para a amenização do problema.

Etapas do procedimento

Qualquer tipo de drenagem linfática deve ser iniciada pela liberação do pescoço e ângulo venoso (região localizada acima e atrás da clavícula).

Uma viável "fonte da juventude"

A  técnica melhora muito a vascularização facial -, aumenta o metabolismo da pessoa que recebe o procedimento. Assim é que se estimula a restauração das fibras elásticas e colágenas danificadas, bem como a revitalização das células da pele, que ficam com aspecto de maior saúde e beleza.


Será o fim das olheiras?

Os benefícios circulatórios promovidos pela drenagem linfática facial, consequentemente, ajudam a atenuar as olheiras e as indesejáveis linhas de expressão no rosto da mulher. Isso porque as "bolsas" debaixo dos olhos vêm de alteração circulatória nessa área. A técnica não tem o poder de clarear a pigmentação escura das olheiras e nenhuma outra mancha encontrada na região facial.

Outro aspecto informado é o auxílio da técnica para absorver cremes e produtos antiaging utilizados, o que potencializa os tratamentos estéticos.

Quem faz?

O procedimento precisa ser realizado por profissionais com a devida qualificação, devidamente treinados para a execução perfeita dos passos.

A técnica de massagem é feita de maneira bastante suave, efetuando-se leve pressão com os dedos.

Indicação em pós-operatório

Se a Drenagem Linfática for realizada corretamente - a drenagem linfática facial favorece a diminuição do edema pós-operatório, auxiliando no processo de desintoxicação dos tecidos. A técnica é bastante utilizada após cirurgias de face, como blefaroplastia (cirurgia de pálpebra) e lifiting facial (ritidoplastia). Contudo, só pode ser feita após devida indicação / liberação do médico responsável.

Frequência das sessões

A frequência ideal do procedimento é variável, de acordo com cada caso. Na maior parte das vezes, uma sessão semanal apenas é suficiente para a obtenção de uma resposta positiva ao procedimento. Em períodos pós-operatórios (quando a chance de se desenvolver um edema é grande) o ideal é que a técnica seja realizada diariamente nos primeiros 15 dias, e três vezes por semana a partir do 16º dia.
Os efeitos extraordinários da drenagem linfática facial Os efeitos extraordinários da drenagem linfática facial Editado por saude.chakalat.net on 10:27 Nota: 5

Nenhum comentário:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Tecnologia do Blogger.