Tire suas dúvidas sobre a drenagem linfática






Quando o assunto é beleza, nem sempre é fácil escapar dos modismos, a gente acaba procurando tratamentos só porque a vizinha fez ou a amiga recomendou. A moda do momento é uma massagem que promete maravilhas, a drenagem linfática. O método não é novo, mas voltou com tudo neste verão. A julgar pelo que andam dizendo por aí, as mulheres acham que esse tratamento é uma espécie de remédio para problemas como celulite e  gorduras localizadas. Mas será que é correto esperar "tudo" isso da drenagem? Conseguimos esclarecer as dúvidas mais cruéis sobre drenagem linfática, para isso, contamos com a ajuda da dermatologista Ediléia Bagatin e com a esteticista Lucienne Souza.

A drenagem linfática é uma espécie de massagem que facilita o escoamento do líquido linfático (que fica entre as células e é rico em gorduras) até os gânglios linfáticos, que o drena para a circulação.  Esses líquidos (linfáticos) ficam retidos em tecidos subcutâneos causando uma certa sensação de inchaço e incômodo. Geralmente, as partes periféricas do corpo (como braços, pernas, pés) são as que mais necessitam de cuidados, pois acumulam muitos líquidos. 

A drenagem é feita da seguinte forma, um profissional espalha produtos (óleos essenciais ou cremes com ativos) pelo corpo do cliente com toques firmes ou leves (dependendo do caso) e circulares, o que proporciona uma sensação agradável e relaxante, cada sessão dura até uma hora e meia.

Mas não pense que é tudo muito simples e que dá pra fazer em casa, a drenagem linfática exige estudos especializados para que os movimentos sejam aplicados na região correta e com uma intensidade específica, só assim os efeitos vão aparecer.

Atenção! Mulheres que procuram a técnica para se livrar de estrias, celulites e gordurinhas indesejáveis podem se decepcionar com os resultados. No caso da celulite, que é causada por problemas de circulação, é possível esperar um bom resultado (mas não espere um milagre). Já para a estrias, esqueça! "Infelizmente, estrias não têm cura", revela a esteticista Lucienne. Gordurinhas localizadas também não vão desaparecer com esse tipo de tratamento. Então, mulheres, não arrisquem o bolso! Confira as principais dúvidas sobre drenagem linfática:

Qual é a indicação da drenagem linfática?
A drenagem ajuda no controle dos edemas (inchaços) em casos de insuficiências venosa (varizes), cardíaca e renal muito leves. Também auxilia nas situações de retenção de líquidos após cirurgias na pele e subcutâneas, como as cirurgias plásticas, por exemplo.

Apenas um médico pode prescrever o tratamento?
Não é necessária uma prescrição médica para fazer o tratamento, mas é sempre indicado consultar um dermatologista.

Qual profissional está apto para fazer drenagem linfática?
Em geral, fisioterapeutas, esteticistas ou profissionais de nível técnico
com curso específico.

É verdade que a drenagem ajuda na prevenção de celulite?
Um dos fatores envolvidos no problema da celulite é a retenção de líquidos no tecido subcutâneo que, na verdade, piora o aspecto da celulite. Portanto, a drenagem linfática pode auxiliar sim, mas não é a solução.

É recomendável fazer o tratamento durante o período menstrual?
A drenagem é muito boa tanto no período menstrual como na TPM. Nessas fases, a mulher pode sentir algumas sensações de inchaço, o que pode ser aliviado pelo tratamento. As tensões da TPM também melhoram com o efeito relaxante da técnica.

Em que casos a drenagem linfática não é indicada?
Não é recomendável para pessoas que tiveram câncer ou que têm alguma suspeita de câncer, que tenha algum nódulo ou pessoas com sistema imunológico baixo (se você estiver gripada, por exemplo, evite).

Com que freqüência deve ser feita a drenagem linfática?
A drenagem é um tratamento que deve fazer parte da sua rotina, você pode fazer semanalmente,por exemplo. Se a idéia for aproveitar o aspecto relaxante da técnica, ou se você tem tendência para reter líquidos no final do dia, você pode fazer a drenagem até todos os dias. O tratamento também pode ter indicação específica, como num pós-operatório, por exemplo.

A partir de qual idade o tratamento pode ser indicado?
Não existe nenhuma restrição, mas geralmente crianças não têm muitos problemas de retenção de líquidos.

Homens também podem fazer?
Os homens também podem fazer a drenagem, mas poucos buscam o tratamento para fins estéticos. Geralmente os casos são mais de pós-operatórios.

É verdade que a drenagem emagrece? 
Não, a drenagem não emagrece, por isso, não é indicada para tratamento de gorduras localizadas. 

Retirado de http://delas.ig.com.br/materias/242501-243000/242937/242937_1.html

Tire suas dúvidas sobre a drenagem linfática Tire suas dúvidas sobre a drenagem linfática Editado por ADMIN on 15:08 Nota: 5

Nenhum comentário:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Tecnologia do Blogger.