Pergunta e resposta sobre Drenagem Linfatica





O que é drenagem linfática?

A drenagem linfática possui diversas aplicações no campo da beleza. É um método fisioterapêutico de massagem altamente especializado, feito com pressões suaves, lentas, intermitentes e relaxantes, que seguem o trajeto do sistema linfático. Tem por objetivo aprimorar algumas de suas funções, trazendo vários benefícios, como redução de edemas linfáticos, inchaços pós-operatórios, lipedemas, celulite, retenção hídrica, acne, entre outros problemas. Ao mesmo tempo proporciona a regeneração e a defesa dos tecidos, aumentando a diurese e a eliminação de toxinas, desenvolvendo o equilíbrio do organismo.

Melhora as funções essenciais do sistema circulatório linfático mediante manobras precisas que acompanham os trajetos linfáticos, não sendo necessária a compressão dos músculos. A principal finalidade é mobilizar a corrente de líquidos que está dentro dos vasos linfáticos. Essa pressão leve e intermitente deve ser realizada de forma rítmica e seguir sempre o sentido fisiológico da drenagem da linfa. O método pode ser realizado por médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e esteticistas, daí a grande importância do conhecimento desse trajeto pelos profissionais para o sucesso do tratamento. Do contrário, nada feito. Ou melhor, o efeito pode ser contrário, com o agravamento do problema.

Como acontece a circulação em nosso corpo?

O sistema circulatório é um circuito fechado formado por artérias, veias, vasos linfáticos e coração. Nesse sistema o coração funciona como uma "bomba" e a cada sístole ventricular (contração do coração) impulsiona o sangue para a aorta, que então propaga o sangue para o resto do corpo. O retorno desse sangue para o coração é feito pelas veias (sistema venoso) com a ajuda do sistema linfático, que transporta a linfa, que, por sua vez, tem o papel de reabsorver líquidos e proteínas, completando assim todo o ciclo. Existe, portanto, o sistema de irrigação, que é o arterial, e os dois sistemas de drenagem, que são o venoso e o linfático.

O que é o líquido linfático?

A linfa difere do sangue, o sangue rico em Oxigênio e nutrientes que vem pelos capilares artérias irá alimentar as células do corpo. Os capilares artérias liberam este plasma no interstício para alimenta as células ( onde é feito a troca de oxigênio e nutrientes por Gás carbônico e resíduos metabólicos ), uma pequena parte do líquido fica acumulada no interstício, pois a pressão dos capilares venosos é mais alta que o interstício. Como o sistema linfático tem um pressão negativa em torno de –3mmhg, fazendo com que a haja uma pequena sucção; que passa por dentro dos capilares linfáticos, recebe a denominação de linfa, apresentando uma composição semelhante à do plasma sanguíneo. É composta de uma combinação de proteínas, uréia, linfócitos e sais minerais. O corpo humano tem mais de 10 litros de linfa (aproximadamente 16% do peso corporal).



Qual o papel da linfa?

A via linfática tem grande importância no transporte de proteínas de alto peso molecular dos tecidos para os vasos. Está no centro dos intercâmbios fundamentais da vida celular e cumpre um papel insubstituível no transporte de algumas substâncias pela circulação capilar. Ajuda a eliminar o excesso de líquidos e produtos que deixaram a corrente sanguínea e interagiram com o meio local. Outra função importante é a imunológica. A linfa inicial é "pobre" em células de defesa e, durante seu trajeto pelos linfonodos (gânglios), é enriquecida por células com função imunológica. Funciona como uma verdadeira "lixeira" do organismo.

Como se manifesta uma circulação linfática deficiente?

Quando o sistema circulatório não cumpre corretamente sua função, o corpo fica sobrecarregado por um excesso de líquidos, que não consegue absorver. Na maioria dos casos, esse fenômeno se traduz por sintomas como celulite ou retenção de líquidos, peso nas pernas ou aparecimento de edema (inchaço), mais conhecido como linfedema.

Que tipos de problema a drenagem linfática pode melhorar?

Pode melhorar alguns tipos de edema e auxilia como coadjuvante no tratamento da celulite, já que melhora a drenagem da linfa e do sistema circulatório em geral. É também indicada nas pós-cirurgias estéticas, como lipoaspiração ou lipoescultura, acelerando a recuperação, evitando a fibrose e amenizando o edema pós-cirúrgico.

Como se faz a drenagem linfática?

A drenagem linfática é realizada à base de pressões com os dedos ou as mãos de acordo com a zona do corpo. As manobras devem ser suaves e superficiais com movimentos de deslizamento sobre o trajeto dos vasos linfáticos e de compressão (bombeamento) na região dos linfonodos (gânglios), como na região das axilas, do pescoço e inguinal (virilhas). A pressão exercida deve seguir sempre o sentido fisiológico da drenagem, ou seja, dos membros em direção ao tronco.

Quais os resultados estéticos?

A grande maioria dos profissionais utiliza a drenagem linfática como coadjuvante no tratamento de celulite, envelhecimento e edemas da pele, em rugas ou bolsas que formam papadas, pernas pesadas e nos quadris. Pode ser utilizada também no combate ao estresse e ao cansaço em geral. Mas é sempre bom lembrar e recomendar que a drenagem linfática com finalidade estética deve ser praticada por profissionais com formação específica.

Além disso, a drenagem é apenas mais uma ferramenta nesses tipos de tratamento.

Quais as contra-indicações?

A principal contra-indicação da aplicação de drenagem linfática é para o paciente com histórico de tumor (câncer), pois com esse método poderíamos estar "disseminando" células cancerosas, e ainda para pacientes na vigência de infecções e afecções cutâneas, como doenças de pele, dermatoses, entre outras, a ser devidamente verificadas. É bom ficar atento quando o quadro não melhora. Se o local fica ainda mais inchado ou dolorido, é sinal de que a massagem não está sendo aplicada corretamente ou não é indicada ao caso.

O que a paciente deve fazer para que o tratamento possa ter um resultado mais positivo?

Uma boa e variada dieta alimentar, ou seja, uma reeducação alimentar com hábitos mais saudáveis, evitando frituras, gordura, álcool, enlatados, vida sedentária e incluindo em sua rotina diária exercícios físicos ou esporte. Recomenda-se não ingerir sal em excesso nem usar roupas justas e salto alto. Deve-se tomar mais água, no mínimo 2 litros por dia, e comer muita fibra.
Pergunta e resposta sobre Drenagem Linfatica Pergunta e resposta sobre Drenagem Linfatica Editado por ADMIN on 13:50 Nota: 5

Nenhum comentário:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Tecnologia do Blogger.